Parentes queridos parentes

O que são parentes? Como surgem? São importantes? O que nos acrescentam? É sobre essas questões que me proponho a pensar e falar mais do que qualquer coisa. Não que outras coisas não sejam importantes.

3 de ago de 2009

E... A Gosto chegou

O mês de agosto chegou com comemorações. A gosto !!! Ele chegou com festa para Didi. Uma irmã que desde que chegou em nossa família é amada por todos. Uma festa como ela merece. Elaborada por pessoas que a amam com muito carinho e dedicação. Uma festa digna de quem é alegre e que ama viver. E uma vida assim merece comemoração! Tenho um cunhado e uma irmã que adoram receber. Eles são verdadeiros anfitriões e gostam muito de festa. Como não bastassem ser assim, tem dois filhos lindos que por sua vez, puxaram aos seus. Comemoram tudo com muito requinte. E motivos nunca faltaram para que haja comemorações. Quando não tem motivos, inventam... Mas hoje não é o caso. Não vou aqui dizer, o quanto de anos que foi comemorado e sim a vida linda que tem que ser sempre abençoada. Uma vida vivida com alegria e doação. Pois bem, falo desta festa surpresa que foi feita para Dinda. Nossa querida Didi, como é carinhosamente chamada por muitos e bastante conhecida por Lídia. Ela foi merecedora de uma big festa surpresa neste ultimo sábado, com direito da DJ, luz daquelas que rodam, desculpe aí minha ignorância nesse âmbito de boate, decoração, bufe com doces e salgados e já depois de tudo, com pratos quentes, crepes feito na hora com sabores para escolher! Tudo isto com direito a muita surpresa! Com a música “emoções” sendo tocando em um ambiente escuro, na chegada da aniversariante. A felicidade dela foi total. Uma pena que não tenho hoje uma foto aqui comigo para provar a alegria que Didi ficou. Parabéns Didi!! Você mereceu e merece cada carinho que foi lhe dado pela família Anjos e por todos os presentes em sua festa de aniversário.
Aproveitando o gancho do Olavo, vou dizer aqui uma comemoração marcante que também foi elaborada, para minha surpresa, pela minha irmã e meu cunhado, ajudados por Deco e Mia. Eles adoram surpresas e a gente nunca se acostuma com isto. Foi nos meus 50 anos. Nunca gostei de comemorar meu aniversário, por algumas razões que não cabe aqui agora, mas para minha surpresa, também recebi uma festa destas quando completei 50 anos. E foi a minha melhor comemoração de meu aniversário, em toda minha vida. Tá... só para conhecimentos dos leitores, isto não faz muito tempo não viu??
Bem, ai foi a descrição muito tímida, da minha melhor comemoração. Portanto podem tirar o “cavalinho da chuva” que o cd do Simple Red já tem dona. Portanto quando tirar o numero aí Olavo, pode ler o nome : Tatinha.
Mas vocês, meus queridos parentes, podem também deixar aqui o relato da comemoração mais marcante da vida de vocês. Quem quiser se habilitar, dedos à postos. Temos muitas comemorações familiares grandiosas e agora também podemos contar com os relatos dos encontros dos primos.
Então.... mãos a obra, “pessoár” A gosto de todos.

11 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Paulo,
    Realamente é um blog familiar. É o que realmente está faltando mesmo. Nossa sociedade está necessitada desta estrutura familiar. Coisa que muitas pessoas perdem no meio do caminho.
    Agradeceriamos se a propaganda de seu blog for para pessoas que tem interesse neste tipo de assunto. Aqui não é o melhor lugar para isto, mesmo que sua intenção seja as das melhores.
    Assim mesmo, agradecemos o elogio pelo blog.

    ResponderExcluir
  3. Rs..legal sua postagem muito legal..
    sabe que preparei mas nem sei a minha mais marcante rs
    Beijão valeu participar

    ResponderExcluir
  4. Minha querida DINI

    Realmente a postagem é de primeira.
    Sente tão bem em ler, e poder pensar na madrinha que é realmente “formidável”, veio ao mundo somente para fazer o bem, e com certeza receber de volta pelos que com ela convivem em tempo integral ai em cima.
    Sinto não ter convivido tanto, mas com certeza a tenho dentro do meu coração até hoje como foi pedido um dia pela minha mãe e pelo meu pai no dia 13/12/1967, dia do meu batismo.
    Madrinha Lidia, um grande beijo bem apertado, te amo muito do seu afilhado.

    Wander

    ResponderExcluir
  5. Wander querido, seu nome foi ventilado ( este termo é otimo )no sábado! DiDi é dinda de pessoas muito queridas e como se isto não fosse suficiente, ainda por cima, ela é querida por todos independente de ser afilhado ou não!
    Ela agora é uma viajante de marca maior, não demora muito ela estará aí em algum do encontros dos primos. Mas isto não impede você e sua linda famíla vir até aqui, num feriados destes!! Venha, nossa alegria vai ser grande.

    Olavo, você sempre querido! E com esta frequência devagarzinho, não demora muito ser adotado por nossa imensa família. Com sua inteligência, criatividade e educação, não tenho dúvidas que será uma grande aquisição, fazendo aí um tocadilho conveniente, se é que me entende!!! hehehe Olavão! Tomara que suas comemoações sejam tantas que, fique mesmo difícil escolher uma para descrever e que, além de tantas, você ainda possa ter milhares delas.

    Gente, alguém sabe notícias da DEC do momento???
    Wania Cristina?? Onde cê tá fia???

    ResponderExcluir
  6. Realmente nossa Lídia é maravilhosa e merece todo esse carinho. Eu, particularmente, sempre tive uma afeição muito grande por ela. Apesar de não termos tanta diferença assim de idade, ela sempre me tratou como uma filha. Sempre mimando, fazendo agrados, preparando o prato preferido... É um amor de pessoa e tem um lugar especial em nossos corações. Parabéns pela homenagem, Kátya.

    ResponderExcluir
  7. TaTinha, obrigado pela reparação e desculpas(desnecessárias) , que só os fortes têm este predicado, isto por que desde cedo aprendem a abrir os braços e celebrar com afeto as novas e antigas amizades.

    Particularmente, uma fator foi decisisvo para que eu fizese - e espero continuar agora oficialmente, convidado por você - comentários aqui.

    Sou de família italiana, da macarronada "sagrada" aos domingos, da casa cheia de parentes de todos os graus,sempre, da convivência barulhenta e que trnsbordava muita emoção e carinho.Eram tantos beijos e braços...

    Os aniversários de familia eram feitos na casa de minha avó, uma imensa residência na rua Carvalho Alvim , na Tijuca, aqui no RJ.

    Os doces e salgadinhos eram encomendados da Confeitaria Colombo e chegavam em baús.Verdadeiros manjar dos deuses!

    No entanto, não era a comida que nos unia, era e, principalmente, minha bisavó nascida na Calabria, em Consensa, que aqui viveu durante mais de 15 anos e se recusava a falar portugês(rsrs), coisa de italiana.

    Com 89 anos , fazia demonstraçãoes inacreditáveis, pois pegava uma pimenta malagueta e mastigava na nossa frente (da garotada) e depois bebia um copo de vinho tinto.

    Veja que tudo que falo é no tempo passado.

    Morreram todos,minha bisavó, meus avós paternos e naternos, tios,minhas lindas tias,(lindas mesmo!!!) e eu a cada uma destas mortes, morria também, um pouco com eles.

    Este seu blog TaTinha me levou de volta ao melhor tempo da minha vida.

    E senti o cheiro de flamboyant,também conhecida por flor-do-paraíso e acácia-rubra,que transformava a frente da casa num mar de flores avermelhadas.

    Deus foi muito generoso comigo, me deu muitos mais bens materiais do que eu merecia, no entanto, eu trocaria tudo isto para ter aquela imensa família, em torno de mim,apesar dos puxões de orelha que minhas tias me davam.

    Fique com Deus.

    ResponderExcluir
  8. Oie cunhada,
    Saudades desse meu povo aí do sul!! Pois é, né?? Tá vendo como essa danada da Didi é querida??!! Por onde ela passa, deixa o rastro do amor dela!!!
    Beijos na minha Juju e no Arthur que está chegando... mas já é tão querido quanto todos.

    Paulo, SEJA BEM VINDO!!!!! Com todas as pompas que você merece. Com café fresquinho e um pãozinho de queijo quentinho. Senta aí, vamos contar nossos "causos" e prosear até cansar!
    Pessoas do bem sempre serão bem vindas aqui e em qualquer lugar que nossa família se fizer presente.
    Você descreveu a minha família, nos encontros dominicais. Quando nossos avós eram vivos, todos os finais de semana, a família se reunia em torno dos donos do clã. E quando reunia mais de duas familias, o barulho não era alto, mas todos falando ao mesmo tempo, precisava ser multi-tarefa para entender o que se passava.
    Isto acontece até hoje... basta juntar duas pessoas.
    Se você notar, nosso blog ainda está no início, mas dá par se ter uma idéia de como somos unidos entorno de concepção profunda da palavra "família".
    Quando meu pai era vivo, ele não perdoava se não tivesse na mesa do almoço de domingo, a família reunida.
    Ainda bem que muitos dos nossos ainda gostam de manter essa tradição.
    Coisa difícil de ver nas familias atuais, não??
    Você além de educado, inteligente, bondoso e aceitar meu pedido de desculpas por te receber tão duramente, além de tudo isto, é um poeta dos bons!!! Sabe arrumar as palavras de uma forma gostosa de ler. Parabéns menino.

    Pois então, sem mais delongas, puxa um banquinho, sente aí perto do fogão de lenha e vamos prosear à vontade.

    Ah... a propósito, o blog não é meu. Ele foi Idealizado por uma prima, que se chama Wania. Eu sou apenas uma componente da família, que vive dando pitaco!
    Por falar em pitaco... alguém dá notícias da DEC do momento?? A dona do blog!
    Tradução simultânea Paulo : Dec: desaparecida em combate
    Abração menino, mais uma vez, sinta-se à vontade!

    ResponderExcluir
  9. Mil beijos para vocês todos dessa terra de sol! Aqui em Sampa está frio!
    Lídia, você é alguém especialíssima, Querida! Todas as felicidades e tudo de bom pra você, sempre! Tive a oportunidade, embora em momento triste, de vê-la novamente, assim como muita gente amada. Bão dimais!
    Recebam mais beijos da prima daqui de São Paulo, que os estima muitíssimo, sô!
    Eloina

    ResponderExcluir
  10. Tem promoção nova no blog com sorteio de template junto com banner e selo para o mesmo blog td personalizado..Quer ganhar um..participe..mas rapidinho o sorteio é amanha..
    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Lídia!
    Doces memórias! Muitas saudades!Merecida homenagem!
    Katya, parabéns por tão lindas palavras. No coração cabem tantas emoções e é muito bom quando externamos as melhores.
    beijos

    ResponderExcluir