Parentes queridos parentes

O que são parentes? Como surgem? São importantes? O que nos acrescentam? É sobre essas questões que me proponho a pensar e falar mais do que qualquer coisa. Não que outras coisas não sejam importantes.

22 de nov de 2010

Hoje

 
Quando pensei neste título para esta postagem, imediatamente veio à minha já tão desgastada memória, a musica do Taigara:
“Hoje Trago em meu corpo as marcas do meu tempo
Meu desespero, a vida num momento
A fossa, a fome, a flor, o fim do mundo...”
Nada a ver com o “hoje” de hoje. Este hoje aí é o meu hoje que não é o hoje de quem quero falar. Sei que ando um pouco à margem “daqui” mas creiam, motivos eu estou tendo para isto. Não é de mim que eu quero falar. Hoje não... talvez outro dia.
Gostaria de pedir desculpas antes de tudo pois não ando numa fase não muito inspirada, portanto o que irá sair aqui é somente o que vai dentro do meu coração, um tanto que falhando por sinal. Peço desculpas também pelo tom muito pessoal da postagem.
Hoje é dia de festa em nossa família. Na minha família.
Sim hoje quero ser egoísta e dizer que eu sou sim muito integrante desta família do ramo “Almeida Oliveira”. Hoje eu vou bradar a quem quiser ouvir que sou prima da aniversariante. Da homenageada. Sabem por que?
Porque para mim ela foi, é e sempre será um exemplo a ser seguido por mim. Minha admiração por esta pessoa inteligente, cultíssima, espirituosa, perspicaz, sagaz, doce, firme e muito sincera, dentro outros milhões de adjetivos, é enorme.
Para quem não a conhece como eu a conheço, talvez tenham um outro modo de analisa-la. Não os culpo. É difícil alcançar a velocidade em que anda a cabeça desta moça. Para muitos isto é totalmente impossível. Poucos até conseguem e para falar a verdade, uma ½ dúzia de gatos pingados só quem conseguem sentir a verdadeira essência deste ser tão admirado por mim.
Ela é uma filha exemplar, uma irmã carinhosa e muito presente, ela é uma tia coruja que ama todos os seus sobrinhos, cunhada que todos gostariam de ter (não é Álvaro, Sô e Luiz?) uma namorada que todo namorado sonha, que o diga o namorado dela... uma amiga fiel e dedicada e acima de tudo um ser humano digno de muitas reverências.
Minha irmã de fé camarada, que em todas as horas sei que posso contar mesmo que nesta distancia fdp. Nunca me negou uma palavra de carinho e apoio mesmo nas horas em que não era muito cordata com minhas atitudes. Sempre companheira nas horas difíceis e alegres de minha vida.
Ontem por acaso, lembrei de uma determinada noite em que passei-a todinha chorando e ela pelo telefone escutando meu choro, me dizendo palavras de carinho e solidariedade. A noite quase inteira, sem exagero.
Mas o que há de mais enraizado em nossa trajetória é a alegria. Muita alegria. É com ela que eu tenho a maioria dos meus acessos de riso. E na companhia dela em que eu aprendo coisas novas e interessantes. Para ela eu sei que posso contar o que quer que seja, posso desabafar, posso confiar.
Ficaria aqui uma existência toda dizendo o porque da minha admiração pela Wania Cristina ( nome imponente como a dona ) mas vou apenas citar um motivo só. Um só irá resumir todos os outros. Ela é a minha irmã de alma.
Parabéns para você Wania.
Como presente lhe ofereço uma música que indubitavelmente é a sua cara... escolha a versão que mais lhe agrada. Hoje quem manda é você. Parabéns!!

6 comentários:

  1. Sabem para que servem os aniversários?!
    Não é para nos lembrar de que os cabelos precisam de tinta, que foram 365 dias difíceis com alguns momentos maravilhosos ou que foi um ano maravilhoso com alguns momentos difíceis. Eles estão aí para celebrarmos a vida! Para nos lembrar que estamos vivos. Com cicatrize leves ou profundas os anos nos deixam marcas mas permitem que deixemos marcas na vida de outros. Parabéns, Katya pela justa homenagem!
    Parabéns, Waninha! Que a vida lhe devolva todas as alegrias que espalhou!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo seu dia (de hoje) Wania. Laura foi muito sensível quando escreve " Que a vida lhe devolva as alegrias que espalhou". Katya , parabésn querida pelo texto! Saudade de você!
    beijos e abraços Wania

    ResponderExcluir
  3. Eu amo amar vocês!!!

    PARABÉNS WANIAMADA!!

    ResponderExcluir
  4. ESTOU FELIZ! Coisa boa me aconteceu esse ano: muitos e-mails me desejando felicidades chegaram; e, mais que isso, antes dos e-mails enviados TODOS os anos pelo: Jacotei, Lojas Americanas, Magazine Luíza, Desmobila, Meu móvel de Madeira, Sinpro-SP, Wallmart, uma tal de Nato?sei lá o que, de outra Demo?qualquer coisa, Ponto Frio, entre outros desejando-me feliz aniversário. Sei que esses últimos chegam pelo automático, pelo marketing, pelo etc e tal. No entanto sempre fico a pensar nessa inversão que é você receber mais parabenizações de pessoas jurídicas do que das pessoas físicas pela internet.
    Esse ano as pessoas físicas que são na verdade quem nos importa foram em sua maioria as primeiras a me parabenizar: Que avanço em minhas relações. O fato de não receber muitos e-mails em anos passados não quer dizer que não recebesse parabenizações, é claro. Acho legal essa parada que as pessoas se permitem para parabenizar o outro por e-mail mesmo pois é sinal dos tempos e é saudável. Portanto, não tenham como reclamação mas como constatação feliz.
    Houve ano que só recebi das pessoas jurídicas e cai na risada pois se fosse me basear por isso seria tida como a amiga dos comerciantes e a inimiga dos amigos. Estou muito feliz e emocionada com que minha querida e especial Katya escreveu, não só pelo conteúdo de grande valor mas como também pelo tamanho do texto que sei ter sido dificil dado o momento vivido por ela. Se superou para me agradar num esforço único e sincero. Há presente maior? Não creio. Obrigada a todos pelas palavras e pelo que está por tras das palavras que são as intenções. Amo vocês.

    ResponderExcluir
  5. Soneto de Aniversário
    (Vinícius de Moraes)

    Passem-se dias, horas, meses, anos
    Amadureçam as ilusões da vida
    Prossiga ela sempre dividida
    Entre compensações e desenganos.

    Faça-se a carne mais envilecida
    Diminuam os bens, cresçam os danos
    Vença o ideal de andar caminhos planos
    Melhor que levar tudo de vencida.

    Queira-se antes ventura que aventura
    À medida que a têmpora embranquece
    E fica tenra a fibra que era dura.

    E eu te direi: amiga minha, esquece....
    Que grande é este amor meu de criatura
    Que vê envelhecer e não envelhece.


    PARABÉNS, Tata! AMO VC!!
    Júlia.

    ResponderExcluir