Parentes queridos parentes

O que são parentes? Como surgem? São importantes? O que nos acrescentam? É sobre essas questões que me proponho a pensar e falar mais do que qualquer coisa. Não que outras coisas não sejam importantes.

13 de out de 2010

Fui e voltei

Fui para o Encontro familiar e voltei feliz, leve e solta com a energia revigorada de quem sabe o que significa os passos daquela estrada.
Tenho muita coisa para contar e finalmente renovar os estoques de fotos que sem dúvida alguma não "brigará" com a delicia que a Flavinha faz.
Quero contar sobre meu encontro com The Phanton (O fantasma), Capeto (o lobo companheiro) e Herói (seu cavalo branco) que também encontrei por lá.
Para quem não se lembra dessa figura heróica aqui vai um pequeno resumo para ativar os neurônios.

Fantasma - Seu nome de batismo, Kit Walker, o vingador das selvas é mais conhecido como Fantasma, o Espírito-que-anda, o homem que nunca morre. Kit é o 21º da linhagem a vestir o misterioso uniforme do Fantasma. Para os bons e inocentes habitantes da floresta, sempre existiu apenas um único Fantasma, e o segredo de sua sucessão é guardado a sete chaves pelos pigmeus de Bandar. 500 anos antes, o primeiro ancestral dos Walker jurou, sobre o crânio de seu pai assassinado por piratas (O Juramento da Caveira), combater a ganância e a injustiça com todas as suas forças. Hoje o Fantasma usa o Anel da Caveira, como um símbolo de sua luta para punir os malfeitores, e deixa sua marca indelével em seus rostos. Sua base de operações é a Caverna da Caveira no interior da floresta de  Bengalla. Sua luta contra o mal, o levou a rodar o mundo, a lenda e o mistério ao redor de sua imagem cresceu e continua crescendo a cada dia. Quando as pessoas falam do Fantasma, comentam de suas magníficas escapadas e de suas aventuras de arrepiar. 

Mais detalhes em:
http://www.bricabrac.com.br/fantasma_historia.htm

E para quem não sabe o que é encontro em nossa familia é só ler a tag anexa, ou seja, festa, familia. Hihihi

3 comentários:

  1. Enquanto você foi e voltou....fiquei.
    Fiquei feliz por saber que as quatro puderam se encontrar...fiquei feliz porque o número de vozes e toque aumentou. Imagino o burburinho e as observações feitas que ainda seão retratadas em textos que fico aguardando.
    Fico emocionada ao saber que pode andar sobre tábuas tão conhecidas e encontrar antigos companheiros.....
    Eu adorava encontrar O Coyote....Mandrake....espiões e outros tantos que viviam em pequenos espaços ( meu pai dizia que eram de bolso). Tantas aventuras e conselhos me davam os amigos das Seleções. Era muito bom ir prá lá e fuçar ( com ordens do tio e do vovô, é claro!)nas estantes ou num cantinho esquecido do porão ou da tulha.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Tenho certeza que suas aventuras nesse encontro foram energizantes! Eu te disse!! Viu??
    Tive uma ideia! Leia seu e-mail

    ResponderExcluir
  3. Muito bom te rever...infelizmente não falamos o suficiente...nem espumou o canto da boca!!!! Mas outras oportunidades surgirão. Agora o que eu queria realmente saber é o que você fez com o fantasma e o mandraque lá naquela fazenda!!!!
    Bjs e saudades.

    ResponderExcluir