Parentes queridos parentes

O que são parentes? Como surgem? São importantes? O que nos acrescentam? É sobre essas questões que me proponho a pensar e falar mais do que qualquer coisa. Não que outras coisas não sejam importantes.

7 de mar de 2010

Vitoria Luiza com C ou sem C?

É impressionante como cometo digressões. Tenho de escrever sobre uma tia e me ponho a pensar numa prima. Não uma prima qualquer e sim Vitoria Luiza.


Talvez a prima mais curiosa que tive, não sei, pois são tantas,  tão curiosas que me vejo em palpos de aranha.

A Vitoria era mais velha do que eu e me lembro que achava interessante o fato dela ser normalmente chamada Vitoria Luiza enquanto eu, também possuidora de nome duplo, só era assim chamada quando algo mais serio havia acontecido ou por causa do meu envolvimento numa encrenca.

A primeira coisa que me vem a cabeça sobre Vitoria era que ela devia se meter sempre com algo serio ou errado pois se assim não fosse por que ficavam falando ´Vitoria Luiza` quando olhavam parra ela.

Naquela idade meu discernimento era um tanto falho sobre o que ocorria a minha volta. Hoje vejo com clareza que Vitoria tinha uma deficiencia mental qualquer que nunca me foi especificada e sequer mencionada. Mais uma das coisas de nossa familia que foram para o limbo.

Eu, que possuia um irmao deficiente mental, captava similaridades de maneira empirica e guardava no bolso para pensar mais tarde.

Vejo que assim como em outras familias casos de deficiencia eram escondidos, rechaçados, tampados, mascarados. Assumia-se o ser em questao mas não se falava a respeito e agindo assim uma "normalidade" se impunha... Isso foi bom? Não creio. Isso foi ruim: sei lá, so sei que varias interrogações ficaram sem respostas e daí esses lapsos que sentimos muitas vezes ao pensarmos sobre os Almeida e os Brandão.

Alguém já disse que nada se esconde do que aqui, nesse mundão de Deus, aconteceu. É, portanto, esperar para ver.

Está claro que foi enorme a quantidade de primos casando-se entre si. Mas será que só isso seria a explicação para alguns casos?

Também ninguem fazia exames de compatibilidade sanguinea ou sequer pensava nisso (será que já existia?).

 De qualquer maneira a história esta aí para contar n casos de problemas tidos e havidos como consequencia disso e daquilo etc. e tal.

Mas voltando à Vitoria Luiza fico a pensar como alguém que era portadora de necessidades especiais conseguiu estudar, se formar, dar aulas, comprar carro, aprender a dirigir, bater diversas vezes o veiculo, vendê-lo, etc.
 
Alguém pode me informar por favor?
Beijos

8 comentários:

  1. Wania,
    Lembro-me da Vitória, mas não tão bem como você. Acha-a esquisita, com a língua de fora no canto da boca, mas eu gostava dela. Agora os detalhes, tenho que perguntar para minha mãe. Vou descobrir e coloco aqui.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. O cara faz um esforço desgraçado para ficar rico pra quê?
    O sujeito quer ficar famoso pra quê?
    O indivíduo malha, faz exercícios pra quê?
    A verdade é que é a mulher o objetivo do homem.
    Tudo o que eu quis dizer é que o homem vive em função de você.
    Vive e pensa em você o dia inteiro, a vida inteira. Se você,mulher, não existisse, o mundo não teria ido pra frente.
    Homem algum iria fazer coisa alguma na vida para impressionar a um outro homem, para conquistar um sujeito igual a ele, de bigode e tudo.
    Um mundo só de homens seria o grande erro da criação. Já dizia a velha frase que "atrás de todo homem bem-sucedido existe uma grande mulher". O dito está envelhecido. Hoje eu diria que "na frente de todo homem bem-sucedido existe uma grande mulher".
    É você, mulher, quem impulsiona o mundo.
    É você quem tem o poder, e não o homem. É você quem decide a compra do apartamento, a cor do carro, o filme a ser visto, o local das férias. Bendita a hora em que você saiu da cozinha e, bem-sucedida, ficou na frente de todos os homens.
    E, se você que está lendo isto aqui for um homem, tente imaginar a sua vida sem nenhuma mulher. Aí na sua casa, onde você trabalha, na rua.
    Só homens.
    Já pensou?
    Um casamento sem noiva? Um mundo sem sogras?
    Enfim, um mundo sem metas.

    Feliz dia

    ResponderExcluir
  3. "Papos de Aranha" Meu Deus... a quanto tempo não ouvia esta espressão!
    "Vitória Luiza" Jesus Cristo, por quantas a minha vida já foi vivida e nem ao menos me dava conta disto.
    Pois é... como pode né Wania??? Tantas perguntas são feitas hoje que talvez nem ao menos, no passado, pensavamos que poderiamos fazer agora!
    Tia Suazana era a mãe dela, não?? Ou não?? Ai..
    Você me fez sentir meio esquisita agora. Acho que minha memória de vez enquando está me abandonando.
    Qua bom saber que voce está melhor e que sua ausência é sentinda por muitos!

    Olavo, você é um doce de homem, é por estas e por outras que ainda não desisti de ser mulher!!! hahahah
    Obrigada pela homenagem, e desejo que todas as mulheres de sua vida seja muito felizes por ter entre elas um homem tão gentil quanto você.

    beijos a todos e todas!

    ResponderExcluir
  4. ME LEMBRO QUANDO IA NA CASA DA TIA SUZANA (KATYA, ELA ERA A MÃE DA VITÓRIA LUIZA OU LUISA )E A CASA ERA CHEIA DE BADULAQUES PELOS CANTOS, ALÉM DOS BADULAQUES QUE ELAS USAVAM,(COLARES DE PÉROLAS E ETC), CAMISAS BRANCAS CHEIAS DE BABADOS, APESAR DE SER A MUITO TEMPO ATRÁS, SE ELAS FOSSEM VIVAS ESTARIAM NA MODA, AHAHAH!

    ResponderExcluir
  5. Expressão com s é ph, fala a verdade!
    A idade faz a gente pagar cada king-kong! Eita nós!
    Rê, preciso revirar este baú aqui dentro da minha cabeça, só lembro do andar da Vitória Luiza e da boca que ela fazia para falar.
    Ai.. memória vem, vai!!!

    ResponderExcluir
  6. Vitória Luiza!
    Acredito que tinha uma leve paralisia cerebral causada por problemas durante o parto. Mamãe contava que se lembrava do parto ter sido muito longo. Não a fazia menos inteligente e nem menos capaz, somente estranha aos nossos olhos. Mas estou com a Wânia...por isso fiz psicologia..rssss
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Minha mãe disse: A Suzana e o Simões eram primiiiisssimos duas vezes. Seus pais eram irmãos e suas mães também.Uma ignorância (como dizia Vó Hilda) somente para não ter que dividir herança. Disse também que o primeiro filho deles nasceu tão deformado que não deixaram ninguém vê-lo. Mas que a Vitoria tinha classe e leveza e que tocava piano como ninguém.

    Depois tem mais, né Wania?
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Queridos, Fernanda, Olavo,Tatinha, Renata, Laura e Flavia. Achei o máximo o comentarios de todos vocês. O Olavo é um ser humano de superior competencia que nos traz coisas de uma delicadeza raro para os dias atuais. Não perca isso não, viu? é uma qualidade e tanto. Se puder ouça o Salomão Schvartzman na Bandnews.com.br especialmente os podcast dos dias 08 e 11 de março, pois vale a pena. Katya , não se aflija a memoria volta sim, viu? Laura, vc é danada. Fez piscologia mas foi para area de pesquisa, certo? Fla, vou dizer só isso: É SIM e como!!!!
    beijos e obrigada pela participação sem igual.

    ResponderExcluir