Parentes queridos parentes

O que são parentes? Como surgem? São importantes? O que nos acrescentam? É sobre essas questões que me proponho a pensar e falar mais do que qualquer coisa. Não que outras coisas não sejam importantes.

26 de dez de 2009

Diante da animação de meu povo...

Juro que gostaria de estar em Lisboa.

5 comentários:

  1. Wania,
    vc não viu nós 2 ali???
    Foi quando eu comecei a dançar ABBA e a Maria Teresa fez com que eu parasse! Vc estava do meu lado!!!
    Estaria fácil lá também! De mãos dadas com vc!!

    ResponderExcluir
  2. O Flá, vc esqueceu de mim. Tbem estava lá, do outro lado. Aquela mais "fofinha"...
    Voltaremos lá ainda muitas vezes.
    Bjs nas 2. Muito bom nosso programa.

    ResponderExcluir
  3. Ara........ eu sou a ÚLTIMA pessoa que poderia dizer de "ânimo".
    Quem bem me conhece sabe que dançar Thriler sozinha no meio de uma plataforma inteira, é comigo mesma. Por pior que esteja meu espirito de festas "mixuruquinha" eu seria a primeira a sair rodopiando sem vergonha nenhuma.
    Alguém aí lembra de "Porto Seguro" que na verdade não é tão seguro assim???
    Alguém aí lembra de "Privê 50"?????? heim heim???????
    Wania Cristina, precisamos ir juntas para Costa de Saúipe... agora vai começar os ensaios para o carnaval. Vamos?? heim??
    Já estou com os dois dedinhos levantados, sacudindo-os... êêê... índio quer apito, se não der pau vai comer.. êêê!!! heheh
    Poxa, agora caprichei na velharia, caramba!!
    Cheguei ontem da "capitá", por isto não agradeci no dia, seu carinho no dia 25.

    ResponderExcluir
  4. Gente,
    Como foi bom saber que minhas parceiras-primas estão comigo. Como diz a música ("...por onde eu for quero ser seu par").
    Flavia, por que será que apos termos determinada idade não podemos ser espontaneos? Outros dia estava dançando com Sophia e recebi tantos olhares de ´Wania componha-se que "brochei" ` que não sabia se sentava ou permanecia paralizada com o grito de "ESTÁTUA"!
    Estou tão feliz por encontra-la por lá e vc também Fer que caladinha, quietinha não deixa de fazer o que acredita ser o certo. Sabe, Katya, nunca pensei que iria dizer isso: As músicas do meu tempo eram muito mais empolgantes, ou não?
    Beijos minhas lindas e fieis primas

    ResponderExcluir
  5. Ô coisa gostosa!!!
    Sempre fui de dançar..mesmo com o joelho operado..tô lá!
    beijos

    ResponderExcluir