Parentes queridos parentes

O que são parentes? Como surgem? São importantes? O que nos acrescentam? É sobre essas questões que me proponho a pensar e falar mais do que qualquer coisa. Não que outras coisas não sejam importantes.

23 de jun de 2009

Uma das coisas mais linda e sinceras que li.

A MINHA TIA NAIR
É sobre Tia Nair que lhes falo agora.
Escrevo algumas linhas aqui para reverenciá-la, prestando-lhe a minha homenagem.
Digo-lhes que, acima de quem ela foi, está a recordação que tenho dela.
Há algo pitoresco que quero dividir com vocês: dado o parentesco, sou mais que sobrinha dela.
Vejam bem, ela era irmã de meu pai, Belisário, e prima de segundo grau de Neida (minha mãe). Logo, era minha prima em terceiro grau, além de tia, logicamente!
Era bonita demais a Tia Nair. Muitas vezes escutei que se parecia com Elizabeth Taylor!
Casada com o Walter, o Wartão, formavam um casal muito feliz. Lembro-me que sempre reparava isso: casais que se dão bem!
Por isso também Wolney e Olga são marcantes para mim!
Praticamente criou sozinha seus quatro filhos. Ficou sem o Tio Walter aos 50 anos de vida!
Mudou-se com armas e bagagens de Paraíso (Paris) aqui para São Paulo. Imaginem o contraste.
Pensem na dificuldade de adaptação principalmente para ela. Todavia, pensando nos filhos, no futuro deles, estudos e tudo o mais, ela fez o sacrifício. E venceu!
Sempre que eu ía à casa dela, havia calor humano juntamente com pão de queiro, biscoito polvilho e uma rosca deliciosa!
Trago na memória o jeitinho da Tia Nair, uma mulher mais para calada do que falante, mas muito atenta, muito dedicada, muito presente. Papai e seus irmãos foram pessoas muito carinhosas, e com um sentimento forte e profundo de fraternidade. Muito bonito isso! Sempre me chamou atenção também!
Tia Nair, brava guerreira, viveu a vida com galhardia e sem deixar a peteca cair. Mesmo acamada após o abalo de saúde que teve, Tia Nair estava sempre bonita, ultimamente os cabelos branquinhos, presença sempre forte!
Lutou bravamente em sua última semana de vida. Ainda tive o privilégio de vê-la antes de partir.
Partiu hoje, 22 de junho de 2009 às 13:30 horário de Brasília.
Partiu a Tia Nair, de encontro aos seus irmãos amados, e todos os queridos que já não estão fisicamente entre nós aqui.
Partiu minha Tia Nair. E fica para sempre na recordação que tenho dela.
A bênção, Tia Nair!
Eloina

11 comentários:

  1. Que linda homenagem Eloina.
    Que orgulho tenho de ser sua prima!
    Que a Tia Nair possa ir em paz. E que o nosso bom Deus dê conforto necessário a Verinha, Waltinho, Tarciso e Virginia... Que vocês possam ver a beleza de exemplo que sua mãe deixou aqui conosco.

    ResponderExcluir
  2. Assim que escreveu Eloina tive a lembrança de uma passagem marcante na minha vida. Não sei identificar em que época nem mesmo a idade que tinha mas guardo sempre na lembrança o rosto feliz da tia Nair numa passagem que tive na casa dela, era muito pequeno e ganhei um cachorrinho do Tio Waltão e na sala da casa, ela a mamãe e eu totalmente doido com o presente, olhávamos o tio fazer com um barbante, uma coleira para que eu prender o cachorro e trazer para São Paulo. Lembro muito bem daquela casa maravilhosa que moravam que fazia ligação com as instalações do hospital , farmácia e outras dependências que nos deixava super curioso correndo de um lado para outro, lembro do tio deitado no meio da sala sempre receptivo e a tia junto dele, tranqüila, meiga e com uma enorme paciência para aguentar a criançada correndo pelas dependências. Achava aquilo o máximo, andar por um labirinto de paredes altas e corredores que me fazia perder o rumo da saida, hora pela casa, hora pela farmácia, pelo hospital enfim, aquilo era o mundo para mim. Minha recordação maior era essa, pois depois que o tio se foi pouco passamos por lá mas sempre guardei muito carinho pela Tia Nair e meus primos, é isso que doce fala Eloina, a tia era uma mulher super chic, bonita e muito carinhosa que nos recebia sempre bem, fico muito triste em saber que ela se foi mas confortado pois certamente ela estará muito bem acompanhada de seus parentes sempre queridos, beijão Waltinho, Verinha, Cicinho e Virginia, obrigado Eloina.

    ResponderExcluir
  3. Tia Nair

    Me lembro dela sempre com um sorriso, e sempre nos tratando como se fossemos diferentes, sempre nos beijando como se fossemos anjos.
    Pessoa que só veio para fazer o bem a todos que com ela conviveram.
    Eloina um grande beijo.

    Walter, Vera, Tarcisio e Virginia, um beijo que Deus os abençoe e conforte os corações

    Wander e Turminha

    ResponderExcluir
  4. ENVIO MEUS VOTOS DE SINCERO PESAR, POIS P/ MIM TIA NAIR SEMPRE FOI MUITO QUERIDA, ADORAVA O TIMBRE DE SUA VOZ E AQUELE JEITIM MINEIRO DE FALAR.
    MEUS QUERIDOS VERA,WALTER, TARCÍSIO E VÍRGINIA, QUE DEUS OS AMPARE NESSE MOMENTO.

    ResponderExcluir
  5. Aos meus primos queridos, Walter, Tarcisio, Verinha e Virginia...Que Deus lhe de o conforto necessário nessa hora, pois Tia Nair, nossa linda Tia, estará com certeza super bem amparada e voltará a ser o que era antes de sua doença deixá-la tão impossibilitada de ser ela mesma. Hoje, mais uma vez a familia lá de cima estará em festa.

    ResponderExcluir
  6. O céu mais uma vez se enfeitou, ficou perfumado, com cheiro de lavanda! Essa é a lembrança maior que tenho da Tia Nair...seu perfume de lavanda. Quando nos abraçava ao nos recepcionar nas férias, além de ficar extasiada com as blusas brancas, com golas enfeitadas com pequenos bordados (achava chic), o perfume era o que eu mais gostava. Seu sorriso, quando olhava para aquele bando de crianças correndo por sua casa, sobre aquele chão tão lustrado, um espelho na verdade, se junta ao perfume; sua voz doce nos convidando para o almoço ou lanche ainda ressoa em minhas lembrnças de tantos momentos felizes.
    Verinha, Waltinho, Tarcísio, Gina, Deus lhes dará conforto nesse momento. Estamos todos orando.
    Beijos

    Eloina, linda a sua homenagem! Tudo foi dito.
    beijos

    ResponderExcluir
  7. querida Eloina,

    primeiro e-mail que li hoje , aqui no meu trabalho , foi sua mensagem, sua homenagem a Tia Nair. Te agradeço.

    Como tem gente linda e batalhadora neste mundão de meu Deus...

    Os momentos que passei com Tia Nair sempre foram muito "aconchegantes".

    Meus mais sinseros sentimentos a você, aos filhos e a todos nós.

    um abraço
    Wanilda

    ResponderExcluir
  8. Acabei de descobrir que um "mala" usou meu computador... então o comentario acima é da mãe do mala... Fernanda

    ResponderExcluir
  9. Fê,

    Estava aqui me perguntando quem seria este ser integrante de nossa família, tão polido e cortês com um nome tão.. tão... “mala” :)

    ResponderExcluir
  10. Izabel Godoy Moreira23 de junho de 2009 22:33

    Lamentavel perda. Meus sentimentos Verinha, Waltinho Tarcisio e Gina

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  11. Queridos Primos, Waltinho, Verinha, Tarcisio e Gina, só o tempo e Deus é que pode dar o verdadeiro conforto nessas horas. Permaneçam unidos para suportarem essa dor. Beijos

    ResponderExcluir